Sempre assim (parte 4 – final)

terceira parte

Ele chegou e a levou para pegar um ônibus. Um dia ele pagaria por isso! Mas ela ainda assim gostou que ele tivesse lhe imposto um novo desafio… Não fazia idéia de aonde iriam, até que chegaram. Ele sabia que ela gostava de lugares abertos como aquele. Estavam em uma pracinha, com uma natureza colorida e sem muita movimentação. Foi um ótimo lugar para isso acontecer.

No meio de risos e distrações, ele soltou: ‘Me diz uma coisa… eu sou interessante ou inteligente?’ É os dois o bastante pra mim, ela queria dizer, mas tinha receio de estragar o momento. ‘Interessante, sim. Inteligente… talvez.’ Silêncio. Uma brisa passava despercebida por eles. ‘Não pergunte… apenas faça o que achar que deve.’ Ele abraçou-a confortavelmente. E como eles se encaixavam… E então a beijou. Dessa vez, ele queria isso muito mais do que ela. Agora ela era definitivamente dele, somente ela.

fim.

Anúncios

Um comentário em “Sempre assim (parte 4 – final)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s