A estrela da vez

E a lua brilha intensamente lá de cima,
roubando toda a cena que antes era minha.
É alimentando-se de tristezas
que embala então a noite de melancolia.

Levaste para tão longe o brilho do olhar,
deixou fosca e opaca minha pele de menina.

E o sol furtivamente aparece,
generoso com seus raios do amanhecer,
tocando reluzente a minha pele,
por fim fazendo-me reviver.

 

Anúncios

2 comentários em “A estrela da vez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s